Logomarca

Últimas notícias

São Gabriel, 10/12/2019

Túmulo da Cigana Anita

Chegara em São Gabriel no início ano de 1944 um grupo de ciganos formado por várias famílias. Ocuparam um terreno baldio junto aos trilhos da antiga Viação férrea, onde fora em outra época a COMAIG, hoje galpão de espetáculos. O acampamento passou a ser chamado de ?Companhia de Ciganos?.

Nesse acampamento eram desenvolvidas práticas ciganas como cartomancia, truques de magia e pelas ruas o grupo aplicava seus conhecimentos.

Entre os ciganos uma jovem viera a chamar atenção pela sua alegria e doçura no trato dispensado aos jovens e aos doentes, principalmente aos mais velhos. Chamava-se Anita e com 40 anos de idade conquistou grande número de amigos que visitavam o acampamento.

Adoeceu no mês de julho e agravada de uma doença, faleceu em uma das tendas do acampamento no dia 8 de agosto de 1944.

A causa morte da Cigana Anita, segundo o Dr. Osvaldo Passos D'Utra, que lhe assistiu foi ?câncer?.

A Cigana foi enterrada a tarde do mesmo dia com grande acompanhamento, inclusive com populares que aproveitaram a carona para andarem de automóvel, inacessível ao enterro dos pobres.

Não demorou muito tempo para aparecerem às primeiras velas na catacumba, os primeiros enfeites, as fitas coloridas, os lenços verme- lhos e os recortes amarelos. Aos poucos a crença foi se tornando fé virando devoção religiosa.

Hoje o túmulo da Cigana, logo na entrada, a esquerda do cemitério Municipal, é um atrativo no município.

Fotos

Copyright © 2017-2020 - Cópia do conteúdo autorizada desde que citada a fonte.
Horário de Atendimento: Seg à Sex, das 08:00 às 14:00